Do Fundo da Estante: O Planeta dos Macacos [Nostalgia]


Se tem um final cujo filme é no mínimo arrepiante, este filme é O Planeta dos Macacos (1968) e é claro que não vou relatar o que acontece aqui.

Original e intrigante por si só, este clássico de 1968 é uma adaptação do livro La Planète des Singes de 1963 do escritor Pierre Boulle e tem a seguinte premissa: uma nave espacial é lançada da Terra viajando à velocidade da luz com quatro tripulantes voluntários. A missão tenta provar que nessas condições o tempo passaria mais devagar para eles do que para quem ficou no planeta. Ao despertar de uma hibernação da viagem que durou 18 meses, descobrem que estão em um planeta igual à Terra, onde uma raça de macacos falantes domina e escraviza os seres humanos, que são mudos. O final só nos faz querer revê-lo logo em seguida, justificando sua fama e prestígio incontestáveis.


Um verdadeiro marco da ficção científica que inspirou quase tudo que veio a seguir, O Planeta dos Macacos foca na crítica social, invertendo os papéis e colocando os símios no lugar dos humanos, e ainda que estes reproduzam alguns clichês nossos, como o embate ciência/religião, fica evidente uma certa referência à Guerra Fria travada por EUA e Rússia de 1947 a 1991.

Ainda impressiona o cuidado com os cenários e os efeitos práticos, assim como as máscaras que não travam as expressões faciais dos atores, todos excelentes. Em tempos tão surreais como os que vivemos atualmente, um filme como este é entretenimento de alto nível, pra se discutir após o término, tamanha a riqueza do roteiro. O ator Charlton Heston, conhecido e oscarizado por Ben Hur, foi bem escalado pra ser o protagonista, mas é Roddy MacDowell quem se sobressai apesar da maquiagem pesada e entrega um desempenho marcante. O diretor Franklin J. Schaffner, felizmente, não se limitou apenas a este trabalho - são dele também os excelentes Patton (1971), Nicholas e Alexandra (1973) Papiilon (1973) e Meninos do Brasil (1978), todos sucesso de crítica e público.


Com quatro continuações (70 - 71 - 72 e 73) , uma série de tv em 1974 com 14 episódios e uma refilmagem esquecível feita por Tim Burton em 2001. A saga foi finalmente atualizada e ganhou uma excelente trilogia (2011 - 2014 - 2017) fazendo uso da tecnologia digital com resultados impressionantes.

Recentemente foi anunciado um novo filme e pra quem ainda não viu nenhum, recomendo que comece por este original de 1968 - garanto que será uma experiência e tanto.

FICHA TÉCNICA

Título: O Planeta dos Macacos
Título Original: Planet of the Apes
Direção: Franklin J. Schaffner
Data de lançamento no Brasil: 13 de junho de 1968.
Nota 4,5/5

Italo Morelli Jr.
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

2 comentários:

  1. Olá, Ítalo

    O gênero não é muito a minha praia. Eu assisti a versão de 2001 uma vez quando passou na Globo e eu não tinha nada pra fazer. O filmes mais recentes não me chamaram a atenção, então passei longe. Mas é sempre bacana conhecer a origem de tudo.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, Italo.
    Eu gosto muito do filme e o final realmente é de arrepiar. Mas quando li o livro me surpreendi porque justamente o final é diferente, e acabei achando o do livro até melhor.

    Prefácio

    ResponderExcluir