O estranho noivo de Maya [Resenha Literária]


O estranho noivo de Maya é uma comédia romântica disponível na Netflix e para embarcar nessa trama, tem que relevar muita coisa…

Maya (Amber Stevens West) trabalha com o pai que é bastante controlador, mas ela adoraria ser uma artista e pensando nisso resolve visitar a África do Sul, mesmo seu pai sendo contra. Lá ela se apaixona e é pedida em casamento, também para o desespero do seu pai que vê a filha se envolvendo com alguém que nem conhece. No entanto, o noivo de Maya a trai e ela não conta para a família, mantendo a farsa do casamento que acontecerá em poucos dias.

Um tanto desesperada, Maya encontra Malcolm (Shamier Anderson) numa lanchonete e acaba desabafando com ele, como o personagem precisa escapar de um conhecido que o quer ver morto, os dois resolvem mentir pra todo mundo e Malcolm se torna Mtumbie, o noivo de Maya.


Os dois conseguem manter a farsa por tempo demais a ponto do pai da Maya aos poucos começar a gostar do falso noivo da filha. Aliás, a família toda gosta e o tio da protagonista, especialista em costumes africanos, nem percebe que Mtumbie é uma grande mentira. Obviamente que as coisas saem muito do controle de Maya, de maneira até bem previsível. Os protagonistas precisam lidar com os sentimentos evidentes que sentem um pelo outro e também pela ameaça constante que Malcolm sofre. 

Gostei bastante do elenco que é composto por atores negros, representatividade importa sim, e a química de Shamier Anderson e Amber Stevens West é muito boa. Também gostei do pai da Maya, interpretado por Keith David, o melhor em cada cena. O que me incomodou foi a falta de noção do enredo. Uma prima da Maya aparece no meio da história e parece uma maníaca sexual, claramente foi usada no roteiro pra fazer Maya ter ciúmes de Malcolm, o que não é problema, mas muito mal desenvolvida. E Maya finge um noivo, finge um casamento, finge uma viuvez e ninguém parece se preocupar verdadeiramente com a saúde mental dessa mulher? E a resolução de toda essa trama é pífia, se resolve com um diálogo de alguns minutos.


O roteiro tem mais buracos que queijo suíço, mas se você, assim como eu, não se importar tanto com a lógica das coisas e quiser algo leve pra descontrair, pode gostar do longa. O estranho noivo de Maya tem romance e acaba sendo divertido a sua maneira.

FICHA TÉCNICA

Título: O estranho noivo de Maya
Título original: Love Jacked
Direção: Alfons Adetuyi
Data de lançamento no Brasil: 01 de fevereiro de 2020
Netflix

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

1 comentários:

  1. Oi, Mi
    As comédias românticas abusam da nossa paciência certas vezes né? provavelmente odiaria o enredo assim como você. Nem vou perder meu tempo mas gostei muito de ter atores negros e falar sobre a cultura africana.
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir