VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue [Resenha Literária]


Eu tinha muita curiosidade em conhecer a escrita do escritor nacional Cesar Bravo. Um dos principais motivos é o fato de que, além de escritor de horror, o cara é farmacêutico. E como sou também, queria muito verificar o que um colega de profissão teria a oferecer no mundo dos livros.

Preciso adiantar que fiquei encantada! Cesar tem uma escrita fluida e cativante. 

O livro por si só é criativo. Numa edição que remete aos antigos e saudosos VHS, o leitor se sente transportado ao passado. E a imaginação cria asas. Como se estivéssemos assistindo a uma fita cassete de horror, somos levados a conhecer os mistérios e os horrores de uma pequena cidade do noroeste paulista, Três Rios.


O livro reúne 18 contos, e todos conseguem amedrontar. Como se não bastasse, ainda tem uma mistura perfeita de nostalgia.
"E quem disse que existe uma idade pra gente deixar de ter medo?"
Impossível não se deliciar com todas as referências musicais, cinéfilas e de costumes dos anos 80. Eu gostei de todos os contos, sem exceção, mas dois se tornaram favoritos. 


Branco como Algodão traz uma releitura da famosa lenda urbana de A Loira do Banheiro. A diferença é que iremos saber o motivo dessa alma atormentar os banheiros escolares. 
“Você não existe. Se existisse, haveria centenas de garotos mortos por aí."
Bicho Papão consegue impactar. Eu revi várias vezes minha forma de julgar e concluí a leitura cheia de reflexão (e pavor com a minha própria natureza). 


Ambos os contos conseguiram ir além da diversão. Eu, sendo uma leitora viajante, tirei minhas próprias conclusões no que diz respeito às metáforas presentes. Com toda certeza, meus pequenos ouvirão a versão de Bravo da famosa lenda da Loira do Banheiro. É mais medonha, porém tem um sentido muito interessante, do tipo que aprendemos nas fábulas infantis (só que n versão terror).

Destaquei apenas dois contos, mas a verdade é que cada conto contido no livro tem o poder de mexer com o leitor. Ao contrário de mim, o autor consegue mostrar a que veio em poucas linhas. Você precisa saber ainda que, a medida que lemos os contos, conseguimos entender toda a maldição de Três Rios.

VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue é um livro incrível, que todo fã de horror deve ler e ter na estante. E vale a pena comentar a edição da DarkSide® Books, com capa dura e cheia de detalhes que combinam com a ambientação dos contos. 

FICHA TÉCNICA

Título: VHS - Verdadeiras Histórias de Sangue
Ano: 2019
Autor: Cesar Bravo
Nota: 4/5
Onde Comprar:Amazon e DarkSide® Books

 
Bianca Gonçalves
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

5 comentários:

  1. Oi :)
    Gente eu amo a edição desse livro mas não tenho psicológico algum para as histórias, hahaha
    Se tem algo que eu não nasci pra ler é terror e suspense (auto-ajuda e espírita também!)

    Darkside mais uma vez arrasando na estética

    beijos
    Eduarda Henker
    Queria Estar Lendo

    ResponderExcluir
  2. Confesso que esse não é o tipo de livro que eu gosto de ler, mas para quem gosta, é uma opção que não tem como não ter na estante! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Oii
    Amo as edições da Dark Side, eles nunca erram. Não conhecia esse livro e, apesar de não costumar ler livros de terror me interessei muito em saber essa versão da história da Loira do Banheiro.

    Beijinhos
    http://focadasnoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi eu prefiro livros românticos gosto demais , mais nunca li livros desse tipo... Beijos

    Segredosdamarii.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, Bianca.
    Eu achei essa edição de arrasar, assim como todos da editora, mas não tinha me interessado por ele até agora. Mas só de ter essa versão da loira do banheiro, que toda escola tinha a sua, eu fiquei com muita vontade de ler ele.

    Prefácio

    ResponderExcluir