A Última Colônia [Resenha Literária]


É realmente muito difícil ler livros em série. Talvez para quem não seja leitor os motivos variam, mas para os leitores vorazes, como eu, a dificuldade se encontra no fato de que um dia chegaremos ao final da saga.
Criamos uma história com a série. É muito difícil aceitar que não iremos nos reencontrar com aquele mundo e com aqueles personagens. Mais difícil do que a morte de um personagem estimado, é o encerramento de uma série.

É neste clima melancólico que me encontro agora. Li o último livro da série Guerra do Velho e estou inconsolável por não aceitar o fim de uma jornada tão incrível. 

A série como um todo foi uma grande surpresa. Não imaginei que fosse apreciar tanto os livros, já que estamos falando sobre uma história interespacial. 

Atenção leitores: a partir desse momento minha resenha conterá spoilers dos livros anteriores. Sinto muito, mas é um desfecho de série, há detalhes que eu preciso compartilhar com aqueles que já estão adiantados na leitura. 

John Perry e Jane Sagan construíram uma vida juntos. Em sua nova colônia, encontramos um clima de calmaria entre eles. Os problemas que precisam resolver, agora são corriqueiros. 

Com toda papelada pronta e todos os problemas do vilarejo resolvidos, fiz o que qualquer um na minha posição faria: tirei um cochilo.

E não pensem vocês que eles estão tristes por isso. Nossos poderosos personagens nunca se sentiram tão bem por finalmente estarem em meio à tranquilidade. Ao menos por algumas páginas… A União Colonial convoca novamente seus antigos heróis. Jane e John recebem a função de administrar uma nova colônia.
O universo é vasto, mas o número de mundos adequados para a vida humana é surpreendentemente pequeno, e, por acaso, o espaço é cheio de outras espécies inteligentes que querem os mesmos mundos que nós.
Em um lugar até então inexplorado, a União Colonial reuniu um grupo diversificado de colonos. Tal diversidade, de imediato, evidenciou o quanto a administração dessa colônia seria difícil. 

Mas Jane e John vão enfrentar problemas ainda maiores. Isso porque, ao decolarem com o seu grupo para o que seria uma Colônia perfeita, com todos os equipamentos e suprimentos necessários para a exploração; eles são levados para um planeta desconhecido.

Aparentemente perdidos, e sem possibilidade de serem rastreados; o grupo precisará lutar contra o desconhecido; tentando sobreviver a um planeta repleto de mistérios.
A última colônia" com toda certeza foi o meu livro favorito da série. Talvez por eu já estar familiarizada ao mundo criado pelo autor; a leitura fluiu rapidamente.
Scalzi trouxe uma aventura ainda mais inteligente para nossos heróis, não deixando que John perdesse o bom humor. As cenas, por mais tensas que fossem, ganham leveza com o humor ácido do personagem. Jane está ainda melhor. Toda sua força e bravura a tornam uma das personagens femininas mais empoderadas no que diz respeito às histórias interespaciais. 

Eu preciso citar que minhas passagens favoritas eram as protagonizadas por John e Savitri (não conseguia conter o riso). 


Os três livros juntos dão vida à uma trama inteligente e original. Nunca li nada igual, e todos os detalhes fictícios são tão bem elaborados que acreditamos no que lemos. Damos vida a cada personagem, e mais que isso, eles conseguem fazer com que nos apegamos.

Nunca gostei tanto de uma história interplanetária desde Os Guardiões da Galáxia. Espero que seja adaptada logo para as telinhas, pois já estou cheia de saudades do mundo magnífico de John Scalzi. 

FICHA TÉCNICA

Título: A Última Colônia - Guerra do Velho #3
Autor: John Scalzi
Nota: 5/Favorito
Onde Comprar: Amazon

 

Bianca Gonçalves
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

3 comentários:

  1. Agora com toda a trilogia lançada posso conferir a história. Tem uma premissa que com certeza vai me agradar
    Beijos
    https://www.balaiodebabados.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Bianca
    Eu não conhecia essa série mas entendo totalmente o seu sentimento de encerramento. Fico sempre meio bad e até nostálgica quando uma série que eu gosto muito chega ao fim. Mas o bom é que ela veio com uma boa história e deixou saudade.
    Beijo
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir