Hinamatsuri [Resenha do Anime]


Eu já fui mais fã de animes, confesso. Houve uma época que assistia todos os dias, hoje é mais difícil de isso acontecer, mas Hinamatsuri me envolveu desde o primeiro episódio com uma trama bizarra, non sense e ótimos protagonistas.

Yoshifumi Nitta faz parte da Yakuza, viciado em colecionar vasos e tem uma vida normal quando do nada uma garota do futuro, usado como experimento, com poderes de telecinesia e explosão, cai em sua cabeça. Não sabemos quase nada da menina, a não ser seu nome Hina e sem ter muito o que fazer, Nitta assume a responsabilidade por ela, agindo praticamente com seu pai. 

Nitta gosta da vida de solteiro, descompromissado, mas se vê diante de uma menina poderosa que o ajuda a subir de nível na Yakusa e Hina está acostumada a servir e matar, mas encontra uma vida quase normal com o protagonista, indo a escola e fazendo novos amigos. O mais interessante na relação dos dois é que embora realmente funcione como pai e filha, em muitos momentos o roteiro quebra esse sentimentalismo com situações em que o egoísmo fica um tanto evidente. A quebra do climax causa bastante divertimento. Hina se esforça pra ter não atrapalhar Nitta, mas causa bastante confusão, é comilona e seus poderes são assustadores. 


Outros personagens possuem bastante destaque na trama como Ansu, a princípio enviada para eliminar Hina, sendo uma grande rival, mas fica na terra, se torna moradora de rua e responsável pelas cenas mais emotivas. É bizarro que ela tenha se tornado uma sem teto e Nitta nem questiona o fato. Aliás, é marcante neste anime a quantidade de situações ilógicas e questionáveis, o que torna tudo mais engraçado. Ansu tem uma evolução enorme na série, sua trajetória foi a que mais me surpreendeu e muitas vezes acaba tendo mais destaque que a protagonista.

Temos também Mishima, colega de escola de Hina, que tem dificuldade de dizer não para as pessoas, é confundida como adulta e passa a trabalhar no bar de Sakura, uma mulher que se torna interesse romântico de Nitta. E quase no final aparece Mao, que também tem poderes telecinéticos, mas ao cair na Terra fica presa numa ilha, sem ter com quem conversar usa dois cocos para dialogar, uma clara referência ao filme Náufrago.


Chama atenção em Hinamatsuri o tipo de humor apresentado, funciona quase como um sitcom, mas sempre existe uma quebra de ritmo que poderia deixar o anime ruim, mas é usada de maneira inteligente, sempre para surpreender o espectador. A trama parece simples, mas ao mesmo tempo é diferente e os personagens sempre reagem de maneira fora do esperado, sem contar os diálogos e os monólogos com piadas bem inteligentes, de modo que às vezes enxergamos até mesmo uma boa crítica social.

Hinamatsuri não é um anime de comédia comum, não tem nada de clichês, pelo contrário há uma sátira de situações melodramáticas, mas consegue também desenvolver uma parte do drama sem exageros. É inteligente, divertido, com personagens e enredos bem originais. Vale a pena dar uma oportunidade.

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

5 comentários:

  1. Oi Mi
    Também já fui de assistir mais animes, hoje em dia a paciência é zero e só gosto dos clássicos da infância. Esse eu não conhecia mas parece ser uma história bem gostosinha e divertida. Vou dar uma olhada!
    Beijo
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi! Ultimamente o que mais assisto são animes, as séries estão todas paradas. Eu adorei a premissa deste e não conhecia ainda. Gosto quando aborda algo diferente e pelo visto esse é assim, além de ser divertido. Adorei a dica. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. Mi, ultimamente ando vendo alguns animes só que antigos. Mas até que gostei da premissa desse que você indicou. Dica anotada
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Oi
    parece ser um bom anime, confesso que não tenho costume de assistir, o último foi as temporadas de naruto que tem na netflix, mas boa dica.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá, Michele.
    Acho que anime está entre as ultimas opções que eu assistiria hehe. Mas como ultimamente não tenho conseguido assistir nada, quem sabe esse me tira da ressaca que estou hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir