Um Lugar Bem Longe Daqui [Resenha Literária]


Aos nove anos, Kya Clark foi abandonada por toda sua família. Permanecendo em sua casa, situada em um brejo aos arredores de uma cidade pequena chamada Barkley Cove, Kya sobreviveu sozinha no local, marginalizada pelos habitantes.

Kya era referenciada como “Menina do Brejo” e tida como perigosa e instável. Anos depois, agora uma renomada autora de livros sobre a fauna e flora do brejo, Kya se vê acusada de assassinato. 

Um Lugar Bem Longe Daqui já circula na lista de favoritos do ano e da vida. A história de Kya é sofrida e dolorosa, ao mesmo tempo bonita e inspiradora. A narração em terceira pessoa intercala capítulos durante os anos 60, desde a infância da protagonista até sua vida adulta, sendo intercalada alguns momentos pela investigação do assassinato de uma figura tida como menino de ouro de Barkley Cove.


Kya é uma personagem maravilhosa e difícil você não se apegar e torcer por ela. Por baixo de toda a fama de perigosa e selvagem, temos uma jovem inteligente e apaixonada pelo local onde mora. Por conta da falta de contato social boa parte da vida, Kya é uma mulher solitária e um tanto inocente em certos assuntos, mas em nenhum momento ela se deixou abater por todas as situações que viveu.

A escrita da Delia é bem fluída e poética, principalmente nas narrações sobre o brejo. Vemos a partir dos olhos de Kya não só um lugar lamacento, mas sim um lugar que a acolheu quando ninguém mais a quis, se tornando seu porto seguro e guardião.


Duas pessoas foram de extrema importância na vida de Kya. Primeiro temos Pulinho, um senhor negro dono de uma pequena loja. Além dele ser a fonte de renda de Kya durante muitos anos, comprando seus produtos mesmos que não fosse necessário, Pulinho se tornou a figura paterna na vida dela.

Depois de Pulinho, Tate foi a pessoa que mudou a vida de Kya. O jovem a ensinou a ler e escrever, o que a permitiu registrar seu amor pelo brejo. Tudo que Tate ensinava a Kya era de forma a ajudá-a ser mais independente do que ela sempre foi. O amor, empatia e generosidade de Tate também foram importantes na vida dela que, apesar de se resignar a uma vida solitária, sonhava em ter uma pessoa na sua vida.


Um Lugar Bem Longe Daqui trata de assuntos bem delicados, como negligência e abandono familiar, preconceito, abuso sexual e emocional. Então já fica o alerta para alguns gatilhos.

O livro já foi uma das escolhas da atriz Reese Whitherspoon para o seu clube de leitura. Posteriormente ela adquiriu os direitos de adaptação, juntamente com a Fox. Eu sei que pode demorar um pouco, mas já estou super ansiosa para conferir a história de Kya nas telas.

FICHA TÉCNICA

Título: Um Lugar Bem Longe Daqui
Autor: Delia Owens
Nota: 5/5♥
Onde Comprar: Amazon

 

Luiza Helena
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

7 comentários:

  1. Oiii Lu

    Também to ansiosa pra conferir nas telas, espero que seja bem fiel ao livro e que não demore tanto. O livro aliás ainda não li mas quero muito, justamente pela escrita da Delia que como vc disse é fluida e poética, gosto de narrativas assim.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lu!

    Esse livro parece ser muito bom, ainda mais pelos temas importantes que são tratados. Enquanto lia a resenha logo pensei que daria um bom filme, e aí depois vi que vai ser mesmo adaptado hahaha acho que vou esperar pra conferir o filme quando sair!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu amei a capa desse livro, foi tanta repercusão que confesso ter ficado bem dividida entre ler ou não ler mesmo todo mundo amando esse livro. Espero para ver a adaptação também e ver se vou ler mesmo.
    Beijocas.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lu
    Vi que você gostou muito da obra mas infelizmente ainda não senti vontade de lê-la. O fato da história também retratar os anos 60 não é algo que me chama atenção, tirando os romances de época eu não gosto de quebra temporal, prefiro coisas mais atuais sabe? Mesmo assim ainda e uma leitura que eu vou guardar pra futuramente.
    Beijo!
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Luiza!

    Adorei a resenha e fiquei muito curiosa para ler o livro. Romances que abordam tais assuntos sempre chamam minha atenção, sobretudo quando são bem escritos, como parece ser o caso. Vou colocar na minha lista.

    Beijo.
    https://artesaliteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Lu! Os livros do Clube da Reese sempre são bem elogiados, eu quero muito escolher alguns e fazer um projeto de leituras. Este já vai para a lista. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Olá Luiza! Parece ser um ótimo livro gostei bastante ..
    Beijos

    Segredosdamarii.blogspot.com

    ResponderExcluir