Vale a pena dar uma chance a SuperMães!


Algumas séries na Netflix tem tanto hype que quando vou assistir me decepcionou e tem outras que ninguém comenta e quando vejo são sensacionais. É o caso de SuperMães (Workin' Moms), série canadense que já está na quarta temporada. Aparentemente de início achei que fosse uma série muito voltada para o público materno, mas depois de alguns episódio percebi que não. É um série para todas as mulher (e homens, por que não), que aborda o feminino em diversos setores da nossa vida, como no casamento, na vida profissional e até na criação dos filhos. E aborda sem hipocrisia nenhuma, o que só melhorou a série.

A primeira temporada é realmente focada na maternidade, como assuntos como amamentação, a volta ao trabalho, depressão pós-parto, entre outros temas relacionados a ser mãe! Mas depois a série vai ampliando os temas e mostrando mais sobre a vida das protagonistas, principalmente Kate (Catherine Reitman) e Anne (Dani Kind) que são super amigas. A amizade delas é incrível, mas outras personagens também ganham destaque. Todas as personagens são excelentes, exceto a Jenny (Jessalyn Wanlim) que é bem intragável, mas até mesmo ela tem um plot interessante, uma vez que a maternidade não foi algo positivo na vida dela. Frankie (Juno Rinaldi) é lésbica e passa por uma depressão pós-parto severa que afeta seu casamento e Val (Sarah McVie) é a líder do grupo de apoio e ao longo das temporadas vai ficando cada vez mais surtada e engraçada.


Kate enfrenta dificuldade em voltar a trabalhar, já que se culpa pela ausência em casa e vive num ambiente bem machista, ela própria às vezes faz comentários nada feministas, acostumada a viver num ambiente bastante agressivo em relação às mulheres. No entanto, Kate é uma mulher que ama seu filho, mas também ama a profissão e conciliar as duas coisas não é nada fácil. E na terceira e quarta temporada ainda vamos acompanhar a personagem passando por sérios problemas no casamento. 

Annie é psicóloga e tem muitos problemas com a filha, desde de ter ciúmes da babá a ter dificuldade de lidar com a mentiras da filha. Annie também passa por uma questão de aborto e assédio na profissão.


Gostei que a série mostra com clareza que na maternidade nem tudo são flores e vamos acompanhar a rotina de mães que têm problemas comuns, como qualquer outra mulher. Apesar de ter temas bem sérios, a série é de comédia e os diálogos ácidos entre as personagens agrada bastante. Mães traídas, chapadas, irritadas, cansadas, estressadas e honestas. É um humor refinado e inteligente e ainda assim, em alguns momentos, a gente consegue sentir o drama de cada uma delas. 

Supermães tem episódios curtos, está na quarta temporada e embora o primeiro episódio não ser bom, a série vale a pena.

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

7 comentários:

  1. Oi Mi,
    Acredita que eu não conhecia essa série? rs
    Talvez seja porque eu não sou muito fã de comédias, mas até que essa parece ser relevante com temas atuais e feministas. Gostei!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu te entendo! Tem umas séries que são verdadeiros tesouros escondidos dentro da Netflix, né? Amo descobrir coisas assim! Eu comecei a assistir uma série nesse estilo lá também (Turma do Peito, o nome) e estava gostando bastante. Acho que vou curtir essa também.
    www.osdeliriosliterariosdelex.com.br
    Conheça o meu canal no YouTube! ♥

    ResponderExcluir
  3. OI Mi! Não conhecia a série, mas pelo nome eu também imaginaria de cara que é para quem está envolvida com filhos e afins. Se fosse assim, eu nem cogitaria assistir, mas se é para mulheres em geral, eu gostaria de ver, sim. Boa semana! Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mi!
    Sendo episódios curtos dá pra se arriscar mesmo chegando na quarta temporada kkkkk
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  5. Achei bem bacana. Apesar de ainda não conhecer, acredito que seja uma série que eu iria gostar.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  6. Nunca tinha ouvido falar dessa série. Gostei muito da sua resenha. Acredito que a série ensine bastante.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  7. A série é o máximo!!! Amei!! E nunca nem tinha ouvido falar!!

    ResponderExcluir