Feel the Beat [Resenha do Filme]


Feel the Beat é uma das mais recentes ofertas da Netflix na categoria musical/comédia/drama. É dirigido por Elissa Down e estrelado por Sofia Carson, Enrico Colantoni e Wolfgang Novogratz.

Eu confesso que adoro filmes musicais. Aqueles mais antigos sempre conquistaram meu coração. Quando vi que estava disponível não pensei duas vezes e fui conferir. Apesar do longa não ter grandes nomes, ele é extremamente divertido, ao contrário de alguns dos recentes empreendimentos de grande orçamento da rede. 

O filme se concentra principalmente em April, uma dançarina, que é tudo o que ninguém deve aspirar a ser. Ela é uma ótima dançarina, com certeza, mas é egocêntrica até ser chata e não se importa com ninguém além de si mesma. Algumas coisas dão errado no meio do caminho e ela é expulsa da Broadway. Assim, ela volta para sua cidade natal, onde assume a responsabilidade de ensinar um grupo de crianças para uma grande competição - mas por suas próprias razões egoístas.


Como eu disse anteriormente, o filme não vai quebrar a internet nem nada. Mas obtém vários pontos por ser extremamente divertido. As crianças são incríveis e suas excelentes performances torna tudo muito agradável. É um passeio divertido e comovente que mantém o telespectador sorrindo e completamente entretido. 

O filme é absolutamente linear. Uma coisa leva a outra e assim por diante. Mas está tudo bem. Às vezes precisamos de filmes como esse para relaxar. Honestamente, eu ainda assisto A escolha perfeita e Mamma Mia o tempo todo quando preciso desses momentos, e a diversão e sinceridade incluídas nesse longa nos dá o que precisamos. 


Sofia Carson faz um ótimo trabalho. Ela mostra um lado ruim e tenta melhorar isso. Mas as estrelas do longa com certeza são as crianças. Com ótimas atuações e habilidades de dança igualmente louváveis, principalmente para os mais pequenos - Dick e Zuzu. Com a união dos mais velhos o grupo realmente se torna grande. 

Feel the Beat é um filme que vale a pena assistir. Nos passa uma ótima mensagem para seguir seu coração, mas também ser fiel a quem você é. Se você quer esquecer um pouco tudo o que está acontecendo no mundo, recomendo esse longa.

Trailer:


FICHA TÉCNICA

Título: Feel The Beat 
Direção: Elissa Down
Data de Lançamento no Brasil: 19 de junho de 2020
Nota: 4/5
Netflix

Natália Silva
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

7 comentários:

  1. Que gracinha parece ser esse filme. Vou marcar pra ver.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  2. Oi, Natália!

    Assisti esse filme e gostei, realmente não é aquele filme que fica marcado, mas é bem leve e ótimo pra passar o tempo

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Natália.
    Já vi o trailer desse filme lá na Netflix e não me deu aquela vontade de assistir, mas depois de ler a sua resenha fiquei com vontade de ir até lá colocar o filme na minha lista de programas para assistir.
    De vez em quando também gosto de assistir a um filme leve e despretensioso como este.
    Beijo
    Mundo da Fantasia

    ResponderExcluir
  4. Oi Natália
    Eu vi o filme disponível mas não sabia sobre o que se tratava. Adore saber e vou tentar tirar um tempinho para assistir.

    Beijinhos!
    https://focadasnoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Natália
    Com certeza eu passaria o filme. Esses dias eu fiz um post sobre os únicos filmes com musicais que gosto, porque eu detesto músicas em filmes que não sejam 2D. Me irritam e são extremamente cansativos kkk quem sabe no futuro.
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  6. ai parece um bom filme, vou colocar na minha lista

    beijo
    A mina de fé

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Gostei da sua resenha. Tenho visto sempre esse filme na Natflix e já tinha incluído na lista para um dia, quem sabe, assistir. Não sou tão fã de musicais, mas assisto de vez em quando. Em compensação, adoro esses casos que os protagonistas vão para cidadezinhas recomeçar. Esse caminho de autoconhecimento é sempre uma delícia.

    Beijo!
    www.amorpelaspaginas.com

    ResponderExcluir