Por que não podemos esperar [Resenha Literária]


Ler essa obra tão poderosa, repleta de discursos que te fazem enxergar uma realidade que ainda tem muito a mudar, me provocou um misto de emoções. Ao mesmo tempo que me encantei por conhecer tão a fundo a revolução de paz que foi a responsável por fazer justiça racial em um dos estados mais racistas dos EUA; também me entristeceu pelo fato de que, muitos dos seus discursos e de suas pregações, ainda cabem nos dias de hoje, em todos os cantos do mundo. O racismo ainda existe, infelizmente, ainda é uma realidade que precisa ser combatida diariamente. 
"A igualdade nunca chegou. A igualdade estava cem anos atrasada."
Na obra de leitura essencial, começamos pelos escritos introdutórios de Dorothy Cotton. Um dos membros femininos mais importantes da organização, Dorothy remonta os passos do movimento não-violento liderado por Martin. Ela esclarece as lutas, explica até mesmo as músicas que seriam hinos do movimento. 


Na introdução por si só já conseguimos compreender a realidade do racismo impregnado na cidade de Birmingham, nos EUA. Existia uma segregação, onde o negro não tinha direito ao voto, não podia sentar onde bem entendesse num ônibus coletivo, existiam filas separadas por cor da pele para que ele pudesse comprar uma bebida. 
"A Revolução do Negro não atacou apenas a causa externa de sua miséria, mas revelou-se para si mesmo. Ele tinha o senso de dignidade. Ele estava impaciente para ser livre." 
E essa foi uma realidade que ocorreu muito recente, no início da década de 60. 

Só a introdução me deixou com o olhos marejados e o coração apertado. Chega a ser inacreditável o fato dessa divisão. Tudo que já havia lido a respeito, não me fez enxergar tão claramente como era a segregação neste local, quanto nessa introdução. 


E então nos aprofundamos nos escritos e de Martin Luther King. Ele remonta sua trajetória, com relatos históricos, mostrando a sua majestade em revolucionar sem violência. Mais do que isso, ele traça todo seu trabalho para demonstrar o direito à igualdade. A árdua caminhada, as reuniões, a falta de apoio… e a sua persistência em lutar por um bem maior. 

É um livro poderoso, que além do mais, demonstra o que é ser negro. Ler essa obra me compreender a imensidão do racismo e da desigualdade social e racial. Me mostrou que muito já foi conquistado, mas me fez enxergar o quanto ainda precisamos evoluir. 

"Se ele ainda está dizendo não é o suficiente, é porque não acha que deveria ser grato pelas tentativas fracas e inadequadas de sua sociedade em alcançar seus direitos básicos que deveria ter herdado automaticamente, séculos atrás (...)".

Histórico, emocionante, é uma obra que revolucionária e repleta de ensinamentos. A edição faz jus ao conteúdo. A editora usou de um capricho magnífico para a impressão de um livro tão importante. 


Você verá que os ditos de Luther King se mostram contemporâneos. Você vai entender como pode revolucionar e contribuir para a igualdade racial com pequenas mudanças. 

"O sino da desumanidade não cobra o pedágio para qualquer homem. Cobra de você, de mim, de todos nós."

Inspirador! Imperdível! Recomendo muito!


FICHA TÉCNICA


Título: Por Que Não Podemos Esperar 
Autor: Martin Luther King
Editora: Faro Editorial
Nota: 5/5 ♥️
Onde Comprar: Amazon


 
Bianca Gonçalves
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

4 comentários:

  1. Uau, esse deve ser aqueles livros que entram na nossa vida e nos marcam. Fiquei doida para conhecer mais a fundo esse! <3

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  2. Não conheço o livro mas já foi um daqueles que a gente coloca na lista por ter temas importantes sendo discutidos. Li a resenha já animada para ler a obra.

    Abraço

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  3. Apesar de passar longe da minha zona de conforto, tenho vontade de conferir essa obra e conhecer mais dessa personalidade que marcou todo uma história com sua luta.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Este é um livro que deve nos tirar totalmente da zona de conforto. Não tenho o hábito de ler esse tipo de livro, mas acho totalmente necessário!
    Obrigada pela dica, lindo post!

    Beeijos

    http://estanteflordelis.blogspot.com

    ResponderExcluir