Quase uma Rockstar [Resenha do Filme]


Não façam como eu, não torçam o nariz para um filme por causa de um título. Eu realmente pensei que Quase uma Rockstar fosse um filme adolescente bobinho e me enganei brilhantemente, já nos primeiros minutos a gente percebe que é um longa muito mais sério do que aparenta.

Amber (Auli'i Cravalho) passa por momentos difíceis, muito difíceis, ela e a mãe não tem onde ficar, dormem no ônibus da empresa que a mãe, que é alcoólatra, trabalha. Amber prefere viver na rua a ter que viver na casa do namorado violento da mãe. É fácil perceber que Becky (Justina Machado) ama a filha, mas é completamente negligente e por medo de perder a guarda, se recusa a pedir ajuda. Já Amber trabalha em uma casa de repouso, em uma lanchonete, ajuda o amigo Ricky (Anthony Jacques) em sua casa e ainda ensina inglês para estrangeiros, os dias da protagonista são bem ocupados, mas ela consegue arrumar tempo para cantar.


A personalidade de Amber me chamou bastante atenção, com um claro complexo de super heroína ela tenta ajudar todo mundo, é a garota super alegre que ajuda os idosos, a amiga leal, a boa funcionária e ninguém percebe os problemas que ela passa e quando tudo vem à tona, Amber acaba sendo bem teimosa e recusa ajuda, mesmo que o sonhos sejam prejudicados.

Apesar de toda a trama triste, o sofrimento de Amber e seus momentos de depressão que fazem a gente querer chorar pela protagonista, o filme ainda consegue trazer um tom de esperança. Mais do que a jornada de Amber em conseguir fazer uma audição, o espectador acompanha a protagonista aprendendo que não se vive só, sem ajuda de ninguém. É importante ajudar e é importante saber ser ajudada também.


A atuação de Auli'i Cravalho está ótima, passa uma grande empatia pela personagem além de não exagerar nas partes dramáticas. E a presença de Justina Machado, longe da comédia One day at a time, foi ótima! Destaque também para Rhenzy Feliz como Ty que possui uma boa química com a protagonista.

Uma produção simples, despretensiosa, mas eficaz, com bons atores e um roteiro para fazer qualquer um chorar, Quase uma Rockstar foi uma grata surpresa!

Trailer:


FICHA TÉCNICA

Título: Quase uma rockstar
Título original: All Together Now 
Direção: Brett Haley
Data de lançamento no Brasil: 28 de agosto de 2020
Nota: 4,5/5
Netflix

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

3 comentários:

  1. Oi Mi! Eu finalmente tomei vergonha e vou ler o livro que está aqui faz eras, só para poder ver esta adaptação que está sendo bem elogiada. Eu estou com expectativas elevadas.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. OI, Mi
    Minha irmã já leu o livro e gostou bastante. Que bom que o filme parece seguir uma mesma linha. Vou colocar na netflix para dar uma olhada esses dias. Eles estão produzindo coisas muito boas ultimamente.
    Beijo!
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mi!
    To querendo ler o livro primeiro pra depois assistir ao filme. Achei a sinopse muito interessante e vou tentar conter minha curiosidade até lá haha :D

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir