Coraline [Resenha Literária]


Neil Gaiman não foi amor à primeira vista, o primeiro livro que li do autor foi Stardust - O Mistério da Estrela e achei apenas um livro bom, nada inesquecível, mas à medida que fui conhecendo outras obras do Gaiman, fui me encantando pela escrita do autor. E fico feliz em descobrir que minhas expectativas, que eram altas, em relação a Coraline forma atendidas!

Coraline sim foi um amor à primeira vista, no caso, amor à adaptação feita em stop-motion, dirigida pelo brilhante Henry Selick (O Estranho Mundo de Jack). Uma animação sombria e que ainda assim conseguiu manter o tom infantojuvenil em toda a história. E foi graças ao filme que eu também consegui imaginar melhor a casa onde a protagonista mora. Gaiman faz uma introdução excelente nessa edição nos contando um pouco sobre o apartamento onde morava, o que também ajuda a imaginar o local, mas em termos visuais o filme esteve presente na minha memória o tempo todo. Interessante notar que Gaiman conta que começou a escrever por conta de uma de suas filhas e que só terminou anos depois, pensando em outra filha.


Coraline e seus pais se mudam para um novo apartamento perto de uma floresta. O lugar é no mínimo intrigante, afinal, era uma casa grande dividida em vários apartamentos. Os pais da protagonista são um tanto negligentes, sempre ocupados e a menina é bastante inquieta e gosta de explorar o lugar. Coraline conhece seus vizinhos, o dono de um grupo de ratos circenses, duas senhoras que um dia foram atrizes, mas em dias de chuva tudo fica entediante. Explorando o próprio apartamento, Coraline acaba encontrando uma porta trancada, cuja entrada fora bloqueada por tijolos. Curiosa, ela pega a chave dessa porta e a abre encontrando uma passagem que leva a outro apartamento que parece igual ao dela. Nesse estranho lugar, ela encontra outro pai e outra mãe e vai descobrir que seus verdadeiros pais estão em perigo.

A outra mãe de Coraline é exatamente o oposto da verdadeira, bem como seu pai e eles fazem de tudo para a menina permanecer com eles, com a única condição de Coraline costurar dois botões no lugar dos olhos. No entanto, a protagonista é esperta e vai lutar contra o próprio medo para salvar os pais, três almas perdidas e tentar sair ilesa. 


A narrativa é bastante sombria e por vezes senti medo por Coraline, afinal, ela é só uma criança, muito perspicaz, mas muito jovem. A protagonista tem ajuda de um gato que fala com ela e também usa uma pedra com um furo no meio, dada pelas senhoras vizinhas, para poder enxergar o que os olhos delas não permitem. A ambientação é excelente, o medo da protagonista é bem real e sua coragem e inteligência são os pontos fortes da trama. 

Interessante notar que quando eu pensei que a aventura de Coraline finalmente tinha terminado, eis que Gaiman ainda guardou mais um pouco de drama para a reta final do livro.

Uma ótima história sobre coragem e lealdade, voltada ao público jovem, narrada por uma criança com excelência. As ilustrações do livro combinam perfeitamente com a trama, mostrando um pouco os riscos que Coraline enfrenta. A capa é lindíssima, páginas roxas, edição de luxo da Editora Intrínseca


Amei finalmente conhecer Coraline do livro do Gaiman, quero inclusive rever a animação.

FICHA TÉCNICA

Título: Coraline
Autor: Neil Gaiman 
Onde Comprar: Amazon
 

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

9 comentários:

  1. oioi!

    Ainda não li, mas acho essa edição uma graça! E adoro livros que quando a gente pensa que está terminando acontece algo para arrematar o final!!

    Beeijo

    http://estanteflordelis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mi!

    Conferi só o filme e curti, realmente consegue transmitir bastante medo. Imagino que o livro seja igualmente ótimo!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Neil Gaiman é um dos meus autores favoritos e tive a oportunidade de reler Coraline nessa edição maravilhosa. A experiência de releitura foi ótima, já que a edição dá ao leitor uma viagem pelas ilustrações.

    Abraço

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  4. Eu achei essa edição linda e a história beeeem menos assustadora que a do filme, não vou mentir. Inclusive eu também fiquei com vontade de conferir a animação novamente
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Essa edição está tão linda. Dá tristeza de não poder ter agora. haha
    Eu adorei saber mais, pois nunca nem vi o filme. Adoro histórias gatos falantes.
    Parece ser um ótimo juvenil.

    tenha uma ótima semana :D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  6. Oi Mi,
    Esse era um livro que eu queria ter lido mais nova, sabe?
    É uma edição linda demais, um pouco fedida, mas é maravilhosa.
    Li esse ano e gostei, mas acho que teria mais envolvimento se fosse em outra época... Farei meus filhos conhecerem a Coraline mais cedo, com certeza! rs
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oie,
    Já li duas vezes, tenho esta edição e em HQ. Mas esta está maravilhosa.

    Beijinhos
    https://tecendoaliteratura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá, Michele.
    Eu já li quatro livros do autor e ainda não gostei de nenhum deles. Mas tive que comprar esse porque fiquei muito interessada na história e essa edição está incrível. Espero que minha experiência seja positiva dessa vez.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Oi, A capa desse livro é um amo. Nunca li o livro, mas já tive oportunidade de assisti filme.
    Bjs!
    https://deliriosdeumaliteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir