Do Fundo da Estante: A Lenda [Nostalgia]


Muito antes da saga O Senhor dos Anéis e O Hobbit, tivemos esse singelo filme que com jeito de RPG, reinou na Sessão da Tarde durante a década de 90 e é até hoje o trabalho mais inusitado da filmografia do diretor Ridley Scott, que fez escola com Alien - O 8° Passageiro (1979) e Blade Runner (1982), dois clássicos do gênero ficção científica.

Ambientada em uma floresta mística habitada por fadas, elfos e unicórnios, A Lenda apresenta Jack (um jovem Tom Cruise, então com 23 anos), um morador da floresta mágica, designado para uma missão heroica. Ele deve impedir que o último unicórnio seja sacrificado pelo demoníaco Senhor da Escuridão (Tim Curry, irreconhecível) que pretende transformar o mundo em uma terra coberta de gelo e trevas, ao mesmo tempo que pretende resgatar Lili (Mia Sara), seu grande amor.


A representação católica do demônio aqui é uma das mais impressionantes já retratadas no cinema e valeu um merecido Oscar de maquiagem. Exibido na TV no período vespertino, para o desespero da criançada que fechava os olhos a cada aparição do maligno, tanto elas quanto os adultos também se encantava com os personagens, principalmente com a enciumada fadinha Oona (Annabelle Lanyon) roubando todas as cenas em que aparece.

A ambientação lúdica até envelheceu um pouco e parece artificial em alguns momentos, mas não diminui o charme desta simpática produção. A Lenda oferece todos os elementos clássicos de um conto de fadas, é bem estruturado, o visual é lindo e o designer das criaturas é um show à parte. 


Infelizmente não se tornou um cult como merecia e é sempre lembrado pelo visual do Senhor das Trevas, indiscutivelmente impressionante.

FICHA TÉCNICA

Título: A Lenda
Título original: Legend 
Direção: Ridley Scott
Data de lançamento no Brasil: 20 de fevereiro de 1986

Italo Morelli Jr.
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

5 comentários:

  1. Oi Ítalo,

    Nossa que clássico!
    Olhando o filme a gente pode ver o quanto a tecnologia evoluiu de lá para cá.
    Mas isso não tira o brilho da obra, pelo contrário até.

    Bjs
    https://diarioelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Acredita que nunca vi esse filme? Eu sempre ficava namorando o dvd dele na loja, mas nunca comprei, nem aluguei... =/ Mas realmente deve ser um clássico, ainda mais com esse figurino, de fato mereceu o Oscar, ainda mais considerando a época em que foi filmado.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Tempo atrás quando Telecine abriu sinal até fiquei de ver pra saber se lembrava do auge do Cinema em Casa, mas acabei esquecendo. Esse capetão aí é bem difícil de esquecer. Medonho demais.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  4. Olá, Italo.
    Eu assisti esse filme várias vezes. E todas elas por causa do Tom Cruise. Era apaixonada por ele nessa época hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oi Italo,
    Não assisti ao filme! Lembro dele por fazer sucesso devido ao Tom Cruise, mas nunca o assisti, rs.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir