Food Wars [Crítica do Anime]


Há anos eu não me interessava por uma shounen, até que em 2015, já na onda de competições culinárias na televisão, surgiu Shokugeki no Souma (Food Wars na Netflix), do estúdio J.C.Staff, que é baseado no mangá homônimo do autor Yuto Tsukuda. O que mais me interessou na história foi sem dúvida uma briga envolvendo comida, eu amo programas do gênero e não pude deixar de conferir. Com certeza passei muita fome assistindo esse anime!

Yukihira Souma passou a vida cozinhando com seu pai, seu sonho é superá-lo e se tornar um chefe do lugar. Quando termina o ensino fundamental, seu pai fecha o restaurante e faz com que o protagonista vá estudar na Academia de Culinária Tōtsuki, uma rigorosa escola de culinária de elite e qualquer disputa entre alunos pode ser decidida pelo resultado de duelos culinários chamados Shokugeki. Apesar de ser bastante persistente, a vida do protagonista não é nada fácil, a começar que ele é considerado um aluno de fora, desconhecido, pobre e subestimado. Mas Souma vai aos poucos mostrando todo seu talento a cada batalha que acontece.

Além do protagonista, diversos personagens chamam atenção, como a rival do protagonista, Erina. Rica e arrogante, ela gosta de menosprezar os outros como Souma e é conhecida como a Língua de Deus, já que ao provar qualquer comida ela consegue descrever precisamente o seu sabor. Ao longo das temporadas, vamos entendendo melhor a personagem, sua família, posição e o roteiro vai em alguns momento dando mais complexidade a ela. Para compor ao que parece um triângulo, temos também a doce Megumi, tímida, ela tem ajuda de Souma para conseguir mostrar o quanto é uma boa chefe de cozinha. Vale destacar também Takumi Aldini, da família italiana e japonesa e suas ótimas habilidades culinárias.


Outros personagens vão também aparecendo no anime e a cada avanço de Souma nas competições, a dificuldade nas batalhas também aumentam. O curioso é que o anime relaciona perfeitamente comida com sexo, é difícil não rir com os exageros dos jurados e toda ambiguidade que aparece em determinados momentos. É mais do que uma satisfação em comer algo bom, é um verdadeiro orgasmo! E os pratos visualmente impressionam bastante, dá vontade de experimentar todos.

Se nos animes do gênero, lutas físicas são bem exploradas, aqui a batalha gira em torno da comida e o mundo da gastronomia é bem detalhado, a aulas que Souma tem são bem interessantes, a preparação, armazenamento e produção dos alimentos, tudo muito bem explicado, sem perder o clima escolar, afinal, são alunos que querem ser chefes extraordinários, mas são jovens também, muito jovens!


Os personagens são bons, suas histórias bem elaboradas, suas complexidades e características envolventes, pode ter um monte de clichês de anime do gênero, mas todos muito bem utilizados. Queremos saber mais do pai do Souma, da família da Erina, de cada rival que aparece e mais do que tudo acompanhar a jornada do protagonista em sua batalha para se graduar.

Shokugeki no Souma é um anime diferente, divertido e culinário, que me agradou bastante. As duas primeiras temporadas estão disponíveis na Netflix e o mangá no Brasil é publicado pela Panini.

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

5 comentários:

  1. Oi
    Que dica legal! Não conhecia e achei muito legal por ter coisas de culinária, nem imaginava que teria anime com culinária, muito interessante, vou conferir
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa | Instagram | Facebook | Twitter

    ResponderExcluir
  2. Olá, Michele.
    Não sou muito de assistir anime. Mas sempre que penso a primeira coisa que me vem a mente são cenas de lutas hehe. Por isso achei esse muito interessante por ser tão diferente. Se der vou assistir.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Oi Mi! Eu ainda não assisti esse anime, mas tenho bastante vontade de ver. Acho que já foi concluído, se não me engano. Quem sabe seja minha próxima maratona. Gostei de saber que os personagens são interessantes e visualmente acho ele bem bonito. Sei que o tema da história é bem diferente, apesar de ter competição e estudantes, mas já viu Haikyuu? Eu estou terminando ele e amando. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh eu não vi Haikyuu, mas tá na lista sim! Bem lembrado rsrsrsr

      Excluir
  4. Ei, Mi, como você está? Eu gosto muito desse anime, eu acho que já assisti todas as temporadas lançadas até então, e o visual do anime é muito chamativo e bonito, combinado com comidas então, tudo fica maravilhoso. E as batalhas culinárias são tão emocionantes quanto uma luta de fato. Eu sou fã de animes, não tenho preferência, o que vir eu tô assistindo. Adorei o post, beijos!

    P.S: E lembrando aqui, você tinha perguntado meu nome, e é Laura! :)


    Books House

    ResponderExcluir