Uma noite em Miami [Crítica do Filme]


Bela estreia atrás das câmeras da também talentosa atriz Regina King. Em grande momento na carreira após ter vencido o Golden Globe e Oscar por Se a rua Beale falasse (2018) e o Emmy por Watchmen (2019), Regina inicia sua carreira de diretora com uma segurança invejável.

Uma noite em Miami nos entrega uma história (ainda que imaginada) sobre o encontro entre o ativista pelos direitos civis dos negros Malcolm X (Kingsley Ben-Adir), a lenda do boxe Cassius Clay/Muhammad Ali (Eli Goree), o astro do futebol americano e futuro ator Jim Brown (Adis Hodge) e o soul man Sam Cooke (Leslie Odom Jr.) num quarto de hotel, na noite de 25 de fevereiro de 1964. 

Cassius Clay acaba de sair do Miami Beach Convention Center como campeão mundial de boxe derrotando o então favorito Sonny Liston, que jogou a toalha após seis rounds.


Enquanto multidões lotam Miami Beach para comemorar a partida, Clay, incapaz de permanecer na ilha por causa das leis de segregação de Jim Crow, passa a noite no Hampton House Motel, no bairro de Overtown, em Miami, comemorando com três de seus amigos: Malcolm X, Jim Brown e Sam Cooke.

O texto, ainda que baseado em uma história real, não foi escrito a partir nenhum registro das conversas porque eles simplesmente não existem e alguns fatos até foram alterados para uma melhor inserção dramática na narrativa - infelizmente não é possível determinar o quanto Uma noite em Miami é real.

Mesmo com essa incerteza, estamos diante de uma competente descrição de época e do que eles estavam enfrentando.

Regina King foi inteligente ao apostar no poder do texto do dramaturgo Kemp Powers (baseado em sua própria peça de teatro) e no talentoso elenco, todos excelentes. Os diálogos são contundentes e tocam em temas profundos, como racismo e o papel do negro na mídia e na luta por direitos, seja como ativista, artista ou atleta.

O frescor da estreia de Regina King na direção de longa-metragem é louvável. Uma noite em Miami não enrola, não cansa e não entedia, mesmo se passando 90% dentro de um quarto de hotel. O quarteto de atores está admirável e fica difícil apontar quem se destaca mais. Talvez Leslie Odom Jr, que além de atuar, canta lindamente. Kingsley Ben-Adir também está brilhante como Malcolm X, expressando com muita verdade todos os conflitos de seu personagem, a firmeza de seus ideais e sua postura na luta por igualdade. O jovem Eli Goree, de apenas 26 anos, também é energia pura interpretando Cassius Clay, fazendo um interessante contraste com a silenciosa (e marcante) atuação de Aldis Hodge como Jim Brown. A química entre os quatro atores merece aplausos e Regina no comando dessa empreitada já deixou um gostinho de quero mais.

Trailer

FICHA TÉCNICA

Título: Uma Noite em Miami
Título Original: One Night In Miami
Direção: Regina King
Data de lançamento: 15 de janeiro de 2021
Amazon Prime Vídeo


Ítalo Morelli. Jr.
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

5 comentários:

  1. Olá, Ítalo.
    Confesso que sou bem por fora do assunto cinema. Eu nem conhecia ela hehe. E esse estilo de filme não chama muito a minha atenção.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Puts, que elenco! Nossa, imagina se essa noite realmente aconteceu...
    Amo cinema mas também to gostando dos filmes entrando nos streamings kkkkkk esse vou conferir nesse fds sem falta!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Oi, Italo! Tudo bom?
    O elenco, a direção, LENDAS apenas. Eu quero MUITO assistir, vou ver se consigo me arranjar pra ver no fim de semana. Parece o tipo de filme que NOSSA SEM HORA, o impacto.

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Ítalo, tudo bem?
    Olha, eu já havia visto o trailer estava com zero interesse em ver, mas a sua crítica está tão bem redigida que fiquei com vontade kkk
    Beijos

    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  5. Sua resenha me despertou a vontade de ver o filme. Deve ser incrível ele passar somente em um cômodo, né?

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir