Relatos do Mundo [Crítica do Filme]


O diretor Paul Greengrass já é nome forte em Hollywood, gostem ou não. Sua estreia tímida com o bobo Livre para Voar (1998), não indicava que num futuro próximo ele entregaria filmes tão bons como A Supremacia Bourne (2004) e O Ultimato Bourne (2007) e entre eles até uma indicação ao Oscar pelo ótimo Vôo United 93, de 2006.

Depois da bem sucedida parceria com Tom Hanks no tenso Capitão Phillips (2013), Greengrass realiza aqui o seu primeiro faroeste e o primeiro de Hanks também. Relatos do Mundo, baseado no romance de Paulette Jiles, é melhor que muitos westerns bang-bang e não faz feio perante nenhum clássico do gênero.


No ano de 1870, o Capitão Jefferson Kyle Kidd (Tom Hanks, em mais uma atuação brilhante num personagem inesquecível), um viúvo que já lutou em duas guerras, viaja através do Texas oferecendo notícias do mundo para as pessoas, apesar dos jornais estarem se tornando cada vez mais acessíveis. Ele aceita uma proposta para levar uma menina de 10 anos, Johanna (a talentosa Helena Zengel, de 12 anos), até seus familiares. Criada pela tribo Kiowa, ela não fala inglês, não se lembra de sua família biológica e tem um comportamento hostil com as pessoas ao seu redor, mas acaba criando um vínculo paternal com Kidd.

As comparações com Central do Brasil (1999) são inevitáveis e é possível até fazer um jogo das 7 semelhanças entre os dois filmes. A diferença é que Relatos do Mundo dá uma breve aula de história sobre o Texas pós-guerra civil, onde escravidão e derramamento de sangue foram as engrenagens do progresso.

Com direção de arte e fotografia de encher os olhos e uma bela trilha sonora, Relatos do Mundo até parece um típico filme de Steven Spielberg, oferecendo entretenimento comercial de qualidade, sem filosofices desnecessárias.


A jovem Helena Zengel está muito bem, atuando de igual pra igual com um dos mais queridos e carismáticos atores de Hollywood, mas é Hanks quem engrandece o espetáculo, convencendo plenamente como o viúvo solitário que encontra na menina Johanna um sentido na vida, o que nos lembra de imediato da parceria entre Robert De Niro e Jodie Foster em Taxi Driver - o senso de justiça, o sentimento de paternidade, o amor ao próximo e o poder da solidariedade sempre irão vencer.

FICHA TÉCNICA

Título: Relatos do Mundo
Título Original: News of the World
Direção: Paul Greengrass
Data de lançamento no Brasil: 10 de fevereiro de 2021
Netflix

Italo Morelli Jr.
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

2 comentários:

  1. Hmmm.. não faz muito meu estilo de filme, mas ultimamente ando dando uma prioridade aos possíveis indicados ao Oscar e vou assistir sim
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Parece ser um filme interessante. Acredita que até hoje não assisti à "Central do Brasil"? Mas tenho que assistir pois é um clássico dos clássicos brasileiros, além de ter a Fernanda Montenegro.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está em Hiatus de verão entre 05 de fevereiro e 08 de março, mas não deixaremos de comentar nos blogs amigos. Também tem posts novos no blog.

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir