Especial Lisa Kleypas: Os Hathaways


Em 2013 eu comecei meu vício em romances de época e a autora responsável por me fazer amar tanto o gênero foi a Julia Quinn com O duque e eu, mas eu queria mais, conhecer outras séries e me deparei com Lisa Kleypas!

A autora publicou seu primeiro livro em 1987, a série Berkley-Falkner, mas foi com Os Hathaways (CLIQUE AQUI) que conheci a escrita da autora. Eu adoro essa família, que ao contrário de Os Bridgertons, foge por completo do tradicional. Órfãos, eles ganham um título de nobreza e tentam organizar a vida deles, mesmo sem dinheiro. O irmão mais velho, Leo, não superou a morte da noiva, vive bebendo e não tem muita responsabilidade com a família, ao contrário de Amelia, a protagonista do primeiro livro, Desejo à meia-noite. Amelia é orgulhosa, teimosa e sua relação com Cam por vezes é explosiva. E Lisa acerta demais ao trazer um personagem cigano e rico para a história. Fiquei apaixonada pelo casal! 

A cada volume da série Os Hathaways vamos conhecendo um membro diferente da família, a gente pode se irritar com Merripen em Sedução ao Amanhecer, mas eu confesso que amo a persistência da Win em conquistá-lo. Podemos conhecer melhor a Poppy e o controlador Harry em Tentação ao pôr-do-sol, perceber o amadurecimento do Leo em Manhã de Núpcias, aliás, Catherine é uma personagem maravilhosa, que faz desse volume meu preferido da série, e por fim, se encantar com a ingênua Beatrix e Phelan em Paixão ao entardecer.


O que mais me faz gostar de Os Hathaways é a excentricidade deles, são inteligentes e nada fúteis e uma família composta majoritariamente por mulheres acaba dando muito espaço para a opinião delas. As personagens possuem personalidades diferentes, mas todas a seu modo encantadoras e fortes. A família vai aumentando a cada volume e a interação entre eles vai ficando cada vez melhor. Com diálogos engraçados, muito romance e algumas cenas hots, Os Hathaways conquistaram um espaço na minha estante e no meu coração. Muita nostalgia ao lembrar dessa família…

Vale ressaltar que a série é publicada pela Editora Arqueiro e as capas são lindíssimas!

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

7 comentários:

  1. Olá,
    Ahh, me identifico tanto com esse post. Também iniciei nos romances de época pelo O duque e eu, só alguns anos depois. Me apaixonei e não parei mais. Uma das séries que mais me cativou e prendeu foi exatamente Os Hathaways pelas características que citou. Adorei o post, de verdade.

    Beijo!
    www.amorpelaspaginas.com

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    Ainda não tenho muita experiência com o gênero, mas é fato que essas capas são mesmo lindíssimas e o aspecto de ter uma força maior feminina parece muito inovador. Sempre vejo elogios à essa autora, legal saber que você também se encantou tanto!
    Beijos, Fantasma Literário

    ResponderExcluir
  3. Essa é a minha série favorita dela! Eu comprei o box recentemente e tá me dando vontade de reler tudo, mesmo que eu vá passar raiva de novo com o Merripen kkkkk
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Oi Mi,
    Tenho essa coleção aqui em casa, foi meu primeiro contato com a Lisa e gostei.
    Não são meus livros favoritos da autora, mas super merecem mais destaque!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Mi!
    Eu não sou muito fã de romances de época, tenho que confessar haha. Mas eu vejo tantos comentários sobre essa série, que é impossível não ter um pouquinho de curiosidade.
    Amei seu post :D

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
  6. Olá, Michele.
    Apesar de ter essa série na estante desde que lançou eu só fui ler ela no ano passado. E gostei bastante apesar de meu aborrecimento com o Merripen. Mas é uma série que vale muito a pena ler. E amo muito essas capas com essas cores fortes e um vestido mais lindo que o outro.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Acabei de ler a série e já estou com saudade dessa família!! Amei justamente pq fogem do convencional, se apresentam como pessoas autenticas, nada futeis, com paixoes e dores tao profundas que me tiraram algumas lagrimas! Queria tanto mais um livro deles! Adoro o modo como na serie "os Hathaways" temos passagens com as personagens de "as Quatro Estações do Amor", tão bom ter notícias! Gostei tanto das duas séries que sinto como se fosse uma amiga torcendo pela felicidade de todos.

    ResponderExcluir