A garota anônima [Resenha Literária]


Desde que li a sinopse de A garota anônima fiquei interessada por ser um suspense psicológico, mas confesso que me assustei com o livro físico, parecia grande demais, mas na verdade é que as 365 páginas são colocadas numa edição bem confortável da Faro Editorial.

Jessica Farris é uma jovem maquiadora que um dia descobre que sua cliente recebeu um convite para entrar num programa de pesquisa sobre ética e moralidade, mas que não tem interesse. Precisando de dinheiro, a protagonista assume o lugar da cliente e passa a ganhar 500 dólares por sessão, respondendo a perguntas que começam inocentes, mas aos poucos se tornam invasivas.

Jessica não ganha muito e se vê bastante contente com os dinheiro extra da pesquisa, ela carrega alguns traumas do passado, como o assédio no local de trabalho e a culpa pelo acidente que fez sua irmã ter traumatismo cranioencefálico. A protagonista é cheia de fragilidades que são bem aproveitadas pela Dra Lydia, mas só aos poucos vamos entendendo melhor quais são as pretensões da médica, em plot twists bem interessantes.



É a primeira vez que leio algo das autoras Greer Hendricks e Sarah Pekkanen e fiquei muito satisfeita em conhecê-las, as duas conseguiram manter o suspense até o fim, mesmo que na última parte (o livro tem três) o leitor já pode acertar o final da história com um pouco mais de malícia. Ainda assim, fiquei na expectativa de como tudo iria se desenrolar.

Jessica é uma boa protagonista, mas é Lydia quem chama bastante atenção, é por conta dela que queremos saber o que está por trás das perguntas, quais as intenções dela com Jessica e por quê? A médica é uma personagem muito mais complexa do que a protagonista e essas camadas de complexidade são reveladas sem pressa, o que nos deixa ainda mais ansiosos para o desfecho final. Aliás, o final é excelente, as últimas linhas me agradaram bastante.


É preciso destacar outros dois personagens na narrativa, Thomas, que desconfiei do início ao fim, e April que apesar de não aparecer de fato, sua história é o grande fio condutor da trama.

A garota anônima é um típico thriller psicológico que se a gente conta um pouco a mais perde toda a graça, mas me surpreendi positivamente com a história e ainda mais por prender minha atenção a todo momento. Termina de modo satisfatório, sem pontas soltas.

FICHA TÉCNICA

Título: A garota anônima
Autoras: Greer Hendricks e Sarah Pekkanen
Onde Comprar: Amazon

 

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

2 comentários:

  1. Ei, Mi! Eu achei a capa do livro bem bonita e o enredo do livro interessante. Não sou muito de ler esse gênero literário, mas vou deixar a dica anotada. Porque o livro realmente me interessou e a resenha ficou ótima, beijos!


    Books House

    ResponderExcluir
  2. A edição me parece ótima e estou de olho nela desde que lançou. Meu interesse por livros do gênero está aumentando e estou adorando ver os comentários sobre esse.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir