Alice Através do Espelho [Resenha Literária]


Quando vi a animação de Alice no País das Maravilhas eu tive sensações sombrias em vários momentos, algo que até passou quando eu li o livro, mas voltei a sentir o mesmo quando li pela primeira vez Alice Através do Espelho. Foi uma leitura muito difícil e a releitura me ajudou a entender melhor os desafios que a protagonista passa.

Depois de seguir um coelho, mudar de tamanho, tomar chá com pessoas bem duvidosas e enfrentar a Rainha Vermelha, Alice agora segue outra jornada, aquela que se passa através do espelho e dessa vez, o desafio é um jogo de xadrez para ser uma Rainha. À medida que Alice avança vamos conhecendo novos personagens e revistamos alguns, Tweedledum e Tweedledee, Humpty Dumpty, a Morsa e o Carpinteiro, a Rainha Vermelha e a Rainha Branca, entre outros, todos instigantes e um tanto enigmáticos, bem como a própria escrita do Carroll, que por vezes é até difícil imaginar o cenário em que a protagonista está porque tudo é muito surrealista e onírico.



Alice precisa ser tão inteligente quanto os demais para conseguir finalizar o jogo! E durante o tempo todo temos adivinhas, histórias, poesias. E vale ressaltar todas as referências à Inglaterra na Era Vitoriana e o modo sarcástico que o autor trata os modos da realeza.

Alice através do espelho é mais povoada ainda por criaturas esquisitas, com paradoxos lógicos, argumentos circulares, tudo quase como um sonho ou um pesadelo. E toda a experiência da história de Carroll fica ainda mais intensa com a edição da Darkside Limited Edition que conta diversos conteúdos extras e textos complementares.


São dois dos poemas mais célebres do autor: “A Morsa e o Carpinteiro” e o divertidíssimo “Jabberwocky”, que ganharam nova tradução no Brasil pela pesquisadora Marcia Heloisa (O Mágico de Oz, Drácula e os dois volumes dedicados a Edgar Allan Poe). A edição ainda tem um Posfácio do matemático e pesquisador Rafael Montoito, que aborda o nonsense e a lógica matemática, temas presentes na obra, afirmando que o livro antecipa em mais de um século o que as HQS de super-heróis, filmes, séries e videogames atualmente trabalham como algo mais comum. Sem contar as ilustrações belíssimas da ilustradora e quadrinista brasileira Mika Takahashi.


Alice Através do Espelho é uma leitura desafiadora, uma excelente aventura repleta de reflexões filosóficas e simbolismo!

FICHA TÉCNICA

Título: Alice Através do Espelho
Autor: Lewis Carroll
Onde Comprar: DarkSide® Books e Amazon

 

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

2 comentários:

  1. Ainda não cheguei a ler nenhuma, mas também senti algo mais sombrio quando vi as animações. Gosto bastante também dos filmes e ainda espero ler as obras. Essas edições estão incríveis.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mi
    Se tem uma história que eu detesto é a da Alice. Eu já enjoei de tanta edição que eu vejo por aí... mas nessa da Darkside até tenho vontade de ler KKKK Mas tentei ler o primeiro e achei meio confuso e.e
    Beijo
    https://capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir