O Duque Que Eu Conquistei [Resenha Literária]


Nada como encontrar uma nova autora do seu gênero favorito! Scarlett Peckham foi uma agradável surpresa, me apresentando um pouco de inovação ao romance de época, ainda que BDSM não tenha sido nada muito chocante. 

O duque de Westmead está tentando limpar o nome da família que ficou bem questionável graças a seu pai e para isso, mesmo sem querer, aceita encontrar uma esposa. Sua irmã então prepara um baile esplendoroso e contrata Poppy Cavendish, uma florista que tenta a todo custo manter sua empresa.

Poppy não tem uma tarefa fácil, perdeu o lar, precisa arrumar um lugar para suas plantas e ainda enfrenta todo o machismo e desconfiança da sociedade. Ela não quer enfeitar o baile da irmã de Westmead, já que tem tarefas mais urgentes, mas Poppy precisa do dinheiro e a quantia oferecida é exorbitante. Durante suas reuniões com a irmã de Archer vamos acompanhando a aproximação do casal, Poppy chama atenção do duque logo de início por realmente sair dos padrões da época. 


Archer também foge um pouco das convenções, o BDSM é até um tema bastante utilizado em outros gêneros, mas não me lembro de nenhum romance de época em que o protagonista goste da submissão. O assunto é bem tratado na trama e ainda que não seja completamente explorado tem um espaço essencial na narrativa, principalmente porque com a falta de sinceridade e comunicação do casal, o assunto se torna um obstáculo entre eles. 

Scarlett Peckham conseguiu dar complexidade a Poppy e Archer. A protagonista tem uma personalidade forte, batalha pelos seus negócios, não se intimida facilmente. E o duque tem muitos problemas familiares e algumas questões de inseguranças. O casal tem uma ótima química. 

O Duque Que Eu Conquistei foi uma boa leitura, bem envolvente, agradará aos amantes do gênero e já quero mais livros da autora. 

FICHA TÉCNICA

Título: O duque que eu conquistei
Autora: Scarlett Peckham 
Onde Comprar: Amazon

 

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

4 comentários:

  1. Oi, Mi! Eu tive sentimentos controversos com esse livro, apesar de ter sido uma leitura ok. Queria que a autora tivesse explorado mais o BDSM entre o casal, inclusive como conflito.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia essa série de livros , mas fiquei super interessada! Eu sou fã de romances de época , ainda mais quando tem duques hah
    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mi! Tudo bom?
    Eu vi algumas resenhas desse livro e não me interessei tanto pela história. Gosto muito do gênero, mas a trama tem que me interessar MUITO pra sair da listinha de autoras que acompanho e tentar uma nova.

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ei, Mi, tudo jóia? Eu já vi algumas resenhas desse livro, e lembro que até fiquei interessada em ler, mas acho que se perdeu na pilha de livros que eu tenho pra ler, mas que bom que a leitura te agradou de maneira geral, beijosss.


    Books House

    ResponderExcluir