Milagre Azul [Crítica do Filme]


Milagre Azul entrou no catálogo da Netflix recentemente e me chamou atenção por ser uma história baseada em fatos reais com a presença de Dennis Quaid (Operação Cupido, Quatro Vidas de um Cachorro).

Dirigido por Julio Quintana, vamos acompanhar Omar (Jimmy Gonzales), que junto com sua esposa comanda um orfanato que abriga vários meninos órfãos, no entanto, eles passam por uma enorme dificuldade financeira, que culmina numa grande divida que eles não podem pagar! Omar busca por ajuda e de modo inesperado acaba numa competição de pesca com o ex-campeão, capitão Wade (Dennis Quaid).

Wade é um personagem intragável em vários momentos, com um ego maior do que seus prêmios e rabugento. Devido a um problema no passado, a organização não o quer no torneio, mas colocam o orfanato para competir junto com o capitão para ser uma equipe local. Wade é obrigado a aceitar muito a contra gosto.



Desde o início o filme nos dá indícios de que Omar tem problemas com o mar e confesso que esperava uma abordagem melhor dos seus traumas, mas ficou tudo bastante raso. A superficialidade do roteiro que claramente foca na superação dos protagonistas é balanceada com um elenco infantil mais carismático. As crianças do orfanato são bem mais interessantes, com histórias de vida bem pesadas e ainda assim mostradas com certa leveza e por vezes até com humor. Chama a atenção a determinação de Omar em não desistir do orfanato e até mesmo de Moco (Miguel Angel Garcia), uma criança bem arredia.

Embora completamente previsível, clichê e sem a profundidade que os personagens mereciam, Milagre Azul deve agradar ao público que só quer assistir uma bonita história cristã de superação, daquelas que no final nos faz ter um pouco mais de fé na humanidade.

TRAILER


FICHA TÉCNICA

Título: Milagre Azul
Título original: Blue Miracle
Direção: Julio Quintana
Data de lançamento: 27 de maio de 2021
Netflix

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

1 comentários:

  1. Vi na Netflix mas não dei muita bola. Gostei da sua resenha.

    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir