Condado Maldito: Bruxas e Assombrações [Resenha Literária]


Condado Maldito: Bruxas e Assombrações é apenas o primeiro volume de uma série que tem tudo para conquistar os amantes do gênero.

O condado de Harrow guarda um segredo obscuro entre seus habitantes. Sob as raízes de uma árvore solitária, existe uma força sinistra que aguarda sua estação para aterrorizar novamente. Um medo místico apodera-se do coração dos residentes de lá. Parece orbitar em torno de uma virgem inocente, Emmy, na véspera de seu aniversário de dezoito anos. Emmy tem poderes que estão crescendo dentro dela conforme ela se aproxima da idade adulta. Quando ela olha pela janela, ela é atraída para a árvore, a floresta e os fantasmas que assombram o Condado de Harrow. O que eles estão dizendo a ela?


Fiquei completamente impressionada com a arte de Tyler Crook, ele tem feito um trabalho fantástico, e dessa parceria não poderia ter tido resultado melhor. Ele se encaixa perfeitamente neste mundo gótico. Para mim, uma parte importante do horror é a textura. Então, quando eu assisto a um filme de terror, aqueles que conversam comigo geralmente são bons em evocar textura com som e imagens em movimento. A mesma coisa vale para quadrinhos. Quando o mundo tem uma qualidade tátil, os elementos de terror parecem funcionar melhor. É precisamente nisso que essas páginas se destacam.

Condado Maldito é o tipo de história que Cullen Bunn nasceu para contar. Ele faz com que pareça fácil, uma história contada tão facilmente quanto respirar. Não consigo imaginar como alguém poderia passar pelas cinco primeiras páginas desta história em quadrinhos e não se sentir arrebatado por esse universo.


Consegui ler as duas primeiras edições em uma única sessão, então é um pouco difícil separar minha experiência de leitura da edição um da edição dois. Estamos entrando em um mundo de fantasia aqui, um universo cheio de incontáveis ​​histórias, mas não espere um desfile de monstros. Bunn encontrou uma boa maneira de usar os conflitos da personagem de Emmy para explorar o mundo em que ela vive e, ao explorar esse mundo, revelar mais de sua personagem. Cada elemento nutre o outro de uma maneira que considero muito satisfatória.


Caso você ainda não tenha ficado curioso, eu realmente gostei desse primeiro volume. Com certeza juntos Cullen Bunn e Tyler Crook ainda farão um trabalho incrível ao longo dos outros volumes da série.

FICHA TÉCNICA

Título: Condado Maldito: Bruxas e Assombrações, volume 1
Autor: Cullen Bunn
Nota: 5
Onde Comprar: AmazonDarkSide® Books

 
Natália Silva
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

2 comentários:

  1. Oi, Natália! Tudo bom?
    Eu tenho muita curiosidade com essa história! Desde o lançamento, a coisa do horror e das cores vivas me deixou antenada, mas ainda não consegui espaço na wishlist pra comprar a série. Algum dia vem aí!

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oie, adorei essa hq e estou adorando que a editora está investindo nas continuações.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir