Do Fundo da Estante: True Lies [Crítica do Filme]


O melhor 007 jamais feito. É assim que True Lies foi definido na época e é assim que ele se mantém até hoje. Além de concorrer ao Oscar pelos impressionantes Efeitos Visuais, conseguiu também um Golden Globe de atriz (comédia) para Jamie Lee Curtis, impagável e superior a qualquer Bond Girl que já tenha existido. É também um dos melhores trabalhos de Arnold Schwarzenegger no papel do agente secreto Harry Tasker, especialista em combate ao terrorismo. Casado há quinze anos, todo este tempo faz sua mulher Helen Tasker (Jamie Lee Curtis, maravilhosa) acreditar que apenas vende material de informática. A esposa por sua vez acha sua vida insossa e se envolve com um falso espião (Bill Paxton), no intento de trazer alguma emoção ao seu dia-a-dia. Ao investigar o "caso" da mulher, o agente descobre que o tal "espião" na verdade é um simples vendedor de carros, que inventa histórias mirabolantes para tentar conquistar mulheres emocionalmente carentes, e que sua mulher não o está traindo. Mas resolve dar um "susto" nela e, sem querer, acaba envolvendo a mulher e a filha (Elisa Dushku) em um caso de terrorismo no qual está trabalhando.


Misturando ação e humor, o diretor James Cameron realiza aqui um dos seus melhores trabalhos e o elenco fantástico faz toda a diferença. Além do formidável casal de protagonistas, todos os coadjuvantes brilham. O saudoso Bill Paxton, Tom Arnold, Tia Carrere, Art Malik e Elisa Dushku foram escolhas perfeitas para seus papéis. Desde a sequência de abertura até os momentos finais, True Lies (que felizmente não recebeu nem tradução e nem subtítulo nacional) é um apanhado de cenas antológicas, sejam elas de ação, suspense, humor ou tudo junto e misturado. Só James Cameron, que já comandou O Exterminador do Futuro 1 e 2 (1984/1991), Aliens - O Resgate (1986) e O Segredo do Abismo (1990), é quem poderia estar a frente de um projeto de tão alto nível. O passo seguinte foi a consagração total e 11 Oscar em 1997 com Titanic

Guardadas as devidas comparações com outro mestre do entretenimento Steven Spielberg, James Cameron também fez história no cinema 3D com Avatar (que já teve suas 4 sequências anunciadas) e ajudou a mudar o curso do cinema de ação em Hollywood - sim, True Lies influenciou todos os 007 que vieram depois e também a franquia Missão Impossível. E não adianta os fãs negarem.

FICHA TÉCNICA

Título: True Lies
Direção: James Cameron
Data de Lançamento: 15 de julho de 1994

Italo Morelli Jr.
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

2 comentários:

  1. Oi Italo!
    MEU DEUS, EU LEMBRO DESSE FILME!
    Meus pais amavam e eu assisti algumas vezes com eles, hein? Que nostalgia!!!!!!!!!
    Fazia anos que eu não ouvia falar dele.
    beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá, Italo.
    Acho que assisti esse filme umas três vezes. Essa época gostava de filmes nesse estilo. Hoje nem curto mais hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir