Noitários de Arrepiar [Crítica do Filme]


Noitários de Arrepiar é um filme com crianças feito para crianças, mas mesmo com meus 37 anos adorei! É divertido, simples e até guarda algumas boas surpresas.

Alex (Winslow Fegley) é um garotinho cheio de ideias e ama escrever histórias de terror, mas por algum motivo decide nunca mais escrever e desiste de ser autor. Bem transtornado emocionalmente, o garoto sai de casa e acaba caindo na armadilha da Bruxa Natacha (Krysten Ritter) e assim, fica preso em um apartamento estranho em que é impossível escapar! No entanto, Alex não está sozinho, ele encontra Yasmin (Lydia Jewett), outra criança presa, que vive como empregada da bruxa. Outras crianças passaram por lá e acabaram virando bonecos na estante de Natacha.

A principal função de Alex é criar uma história de terror por noite e para ajudá-lo ele tem uma biblioteca enorme e é por lá que o protagonista encontra algumas pistas de como tentar fugir do apartamento. Ele conta com a ajuda de Yasmin que a princípio não queria ser amiga dele por medo da bruxa, mas é inevitável que eles se ajudem.


O longa é repleto de cenários interessantes, a biblioteca é maravilhosa, a estufa da bruxa é incrível, com cores de neon e ainda temos a floresta e a casa da Bruxa de João e Maria. Aliás, a referências ao conto é clara e evidente do início ao fim do filme, mas é possível se lembrar também do livro (não o filme) Coraline de Neil Gaiman e também de Sherazade que precisava contar uma história ao rei todas as noites para não morrer.

Krysten Ritter está sensacional como Bruxa Natacha, totalmente caricata, mas entregue ao papel. Winslow Fegley é um ator mirim tão bom que no seu discurso na parte final explicando os motivos que o levaram a querer destruir suas próprias histórias conseguiu me emocionar bastante. E Lydia Jewett representa bem uma garota resiliente que está por três anos em cativeiro.


Noitários de Arrepiar tem uma previsibilidade natural, embora a cena do cocô do gato Leonora eu não esperasse e ri bastante. Não é um filme para dar medo, mas tem cenas de terror bem mais elaboradas do que muitos filmes do gênero, toda uma ambientação bem sombria sem medo de serem macabros. E consegue ser, ainda mais levando em conta o público-alvo.

Enfim, Noitários de Arrepiar, que é baseado no livro de J. A. White, tem o estilo Sessão da Tarde, mesmo com alguns furos no final é um filme ótimo para crianças e adultos ,que assim como eu, adoram um filme infantojuvenil

FICHA TÉCNICA

Título: Noitários de Arrepiar
Título Original: Nightbooks
Direção: David Yarovesky
Data de estreia: 15 de setembro de 2021
Netflix

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

3 comentários:

  1. Oi Mi,

    Não conhecia o filme, mas a temática é bem interessante pelo lado sombrio e de terror sem ser nada pesado para o gênero.
    Vou anotar como dica!

    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  2. Oi,
    Não conhecia esse filme, vou ver ;)
    Gostei da dica

    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa | Instagram | Facebook | Twitter

    ResponderExcluir
  3. Quero assistir. Não conhecia o filme ainda.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está de volta com muitos posts novos! Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir