Procure nas Cinzas [Resenha Literária]


Ligue para (11) 5199-9055. Você pode ouvir essa chamada, nela Victoria Ford tem algo a dizer. Não contém spoilers, apenas irá preparar o seu coração para o que está por vir! Aproveite a leitura.

Eu sou uma grande fã de Charlie Donlea e estava muito ansiosa para ler seu mais novo livro. Procure nas Cinzas, sexto livro do autor publicado no país pela Faro Editorial é totalmente fascinante. O enredo é tão intrincadamente tecido e único que acho que demorarei muito para ler outro livro como esse.

Pensei que seria complicado para o autor incorporar o 11 de setembro em um suspense, mas ele o fez com maestria - não é a história toda, apenas um ponto de fundo da trama, e foi muito bem pensado. Você sabe desde o início que Victoria Ford é acusada de assassinar seu amante que é casado e há muitas evidências na cena que a ligam ao crime.

Antes que ela possa ser indiciada ou acusada, ela morre na Torre Norte em 11 de setembro de 2001, mas não antes de deixar uma mensagem de voz para sua irmã proclamando sua inocência e implorando para que ela prove isso de alguma forma.


Vinte anos depois, Avery Mason é uma apresentadora de televisão que se depara com o caso depois de ouvir que os restos mortais de Victoria foram finalmente identificados por uma nova tecnologia de DNA. Como parte de sua investigação, ela se encontra com a irmã de Victoria e descobre a história de fundo e ouve Victoria em sua última chamada.
"Encontre um jeito, Em. Encontre um jeito de provar isso. Por favor. Encontre um jeito de provar ao mundo que não sou o monstro que pintaram. Tenho que ir agora. Eu te amo."

Sabendo que todas essas informações são de ouro na TV, ela se propõe a descobrir a verdade sobre Victoria Ford; embora Avery esteja escondendo algo, ela não tem ideia de que o jogo de gato e rato foi colocado em movimento, com ela sendo o próprio sendo o alvo.
“Avery tinha o verão para amarrar as pontas soltas e desgastadas da saga de sua família. O que aconteceria depois disso estaria fora do seu controle. Se, naquele momento, as comportas se abrissem e todos os detalhes sórdidos do seu passado vazassem, pelo menos teria feito o seu melhor.”
Walt Jenkins, um ex-detetive e agente do FBI passou os últimos anos escondido em uma área remota da Jamaica. Não tão remoto o suficiente, já que o FBI o localiza e pede que ele volte a Nova York como consultor do FBI em um caso. O caso Victoria Ford.


Há vinte anos, ele era o detetive responsável pelo caso. Ele reuniu e organizou todas as evidências e trabalhou com uma certa convicção. À medida que as Torres Gêmeas caíam, o mesmo acontecia... agora havia questões de terrorismo muito mais urgentes para lidar.
“Nova York guardava os erros e as dores do seu passado, e ele acreditava, como a maioria das pessoas, que para superar aqueles erros e aliviar a dor precisava fugir deles. Mas aquilo não era verdade. Para consertar as coisas, ele precisava enfrentá-las. Enquanto estava decidindo a melhor maneira de fazer aquilo, uma operação surgiu do nada.”
Depois disso o que se segue é uma montanha-russa maluca com tantas voltas e reviravoltas que me deixaram tonta!

Achei esse livro do autor com o começo mais lento e me perguntei como era possível ver todas as histórias se cruzando. Definitivamente, existem alguns casos em que você tem que suspender a crença, pois aqui tudo funcionou de uma maneira intrincada.

Existem vários enredos menores ao longo da trama, e em um ponto eu estava me perguntando se tudo poderia se tornar um pouco complicado demais, mas então, BUM! Donlea nos acerta com duas reviravoltas quando menos esperamos, que endireita o navio, por assim dizer. E a história de Avery! Tudo o que vou dizer é que você me pegou, Donlea!


O que será descoberto sobre Victoria, Avery e Walt? Quem foi o assassino? Muitos mistérios aqui com certeza o deixarão completamente imersos. É exatamente por isso que gosto tanto dos livros de Charlie Donlea. Os personagens foram muito bem escritos, os cenários bem enquadrados e tudo foi lindamente amarrado no final.

Se você gosta de movimento ininterrupto, reviravoltas na trama e alguns acontecimentos inesperados, Procure nas Cinzas é o livro para você.

Embora a história seja ficção, fiquei comovida ao descobrir que hoje, vinte anos depois, os cientistas ainda estão trabalhando para identificar cada vítima por meio do DNA, usando seus novos processos. Cada caminhão de entulho foi peneirado e pedaços de ossos foram armazenados para serem identificados posteriormente.


60% dos mortos naquele dia foram identificados. Ainda há muitas famílias esperando pelo fechamento de tantas histórias, mas os cientistas não desistiram.

FICHA TÉCNICA

Titulo: Procure nas Cinzas
Autor: Charlie Donlea
Nota: 5/5
Onde Comprar: Amazon

 
Natália Silva
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

3 comentários:

  1. Achei o enredo muito interressante. Vou Anota na lista de livros de suspenses
    Bjs
    https://deliriosdeumaliteraria.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nat. Tudo bom?
    Eu nunca me interessei por A Garota no Lago e, consequentemente, por mais nenhum livro do autor. Não faz muito minha praia, e eu não curto a editora, então não é leitura pra mim.

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Tá aí um autor que eu pretendo conhecer a escrita ainda esse ano. Mesmo não sendo muito fã do gênero, quero ler algo dele. Isso por causa dos megas elogios que li dele.
    Ari

    ResponderExcluir