Tem alguém na sua casa [Crítica do Filme]


Os anos 90 voltam com tudo nos filmes de terror e é até difícil não comparar Tem alguém na sua casa com clássicos como Pânico e Eu sei o que vocês fizeram no verão passado, já que o assassino usa uma GhostFace sabe o segredo de todo mundo. E a premissa do longa é bem promissora, apenas o final acabou decepcionando.

O longa começa com uma ótima cena que lembra demais Pânico, em que um personagem atende o telefone e descobre que alguém invadiu a sua casa, mais do que isso, a pessoa tem fotos sobre um espancamento que ele participou e espalha o que sabe pra todos da escola, não sem antes ter morte e sangue jorrando, como se espera de um filme slasher.


Makani Young (Sydney Park) é a protagonista dessa história, ela acaba de se mudar para uma pequena cidade em Nebraska junto com a sua avó e está tentando deixar o passado tenebroso que só descobrimos depois do que se trata. Na escola as coisas vão ficando tensas porque as morte vão abalando a todos e Makani e seus amigos - Rodrigo (Burkely Duffield), Darby (Jesse LaTourette), Zach (Dale Whibley) e Alex (Asjha Cooper) - tentam descobrir o que acontece e claro, são alvos do assassino. Paralelamente às mortes, descobrimos também que Makani tem envolvimento com Ollie (Théodore Pellerin), mas guarda segredo de todos. Bom, todos eles tem um segredo.

O longa é promissor porque as primeiras mortes são bem elaboradas e o assassino usa uma GhostFace personalizada com a cara da vítima, o que nos leva a crer que as mortes tem algum sentido. Além disso, o plot da avó da Makani, Gam (BJ Harrison), sonâmbula também nos faz tirar algumas conclusões, mas o roteiro de Henry Gayden (Shazam!), peca por deixar muitas pontas no meio do caminho. Foi bom por um tempo porque confunde o espectador sobre a identidade do assassino, mas no final o desfecho é bem preguiçoso, deixando várias pontas no caminho. O diálogo do vilão é de dar vergonha alheia pela tentativa medíocre de profundidade.


É muito difícil trazer algo novo para o gênero, mas o problema de Tem alguém na sua casa é que mesmo sendo bem parecido com clássico dos gêneros, tinha uma história promissora, com um grupo de personagens bem interessantes, mas mal explorados e o roteiro se pede no meio do caminho. Uma pena.

Vale lembrar que o longa é baseado no livro homônimo da autora Stephanie Perkins.

Trailer


FICHA TÉCNICA

Título: Tem alguém na sua casa
Título Original: There's Someone Inside Your House
Direção: Patrick Brice
Data de lançamento: 6 de outubro de 2021
Netflix

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

4 comentários:

  1. Oie
    Não tenho o costume de assistir esse tipo de filme, prefiro os romances. Mas para quem gosta de terror parece ser bom.

    Beijinhos
    https://tecendoaliteratura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. A tristeza que esse filme foi meu pai amado! O livro realmente tem essa vibe dos slashers dos anos 90, mas o filme estragou foi tudo!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Este filme parece ser interessante, vou ver se anoto pra ver em algum momento.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderExcluir